Sem categoria
Encerramento da Primeira Turma do Projeto de Robótica Educacional e Cultura Maker: Semeando Inovação e Conhecimento
Editora da Revista Viral Apresentadora do Programa Em Foco na Rádio CBS FM e integrante da equipe de jornalismo da Rádio. Assessora de comunicação da Coopeagri Produtora de Conteúdo Digital

Na tarde de sexta-feira, dia 11, aconteceu o encerramento da Primeira Turma do Projeto de Robótica Educacional e Cultura Maker. Os protagonistas desse acontecimento especial foram os estudantes da EMEF Floresta, integrantes da Rede Municipal, que, com o apoio da Prefeitura Municipal de Ibirubá e do IFRS-Campus Ibirubá, ergueram os pilares deste projeto transformador.

O projeto foi moldado em um formato itinerante, desenhado para percorrer cada uma das Escolas da Rede. Esse modelo dinâmico já havia sido submetido a testes e emergiu vitorioso por meio da participação ativa dos alunos e sua surpreendente aplicação no dia a dia. O mentor por trás dessa visão inspiradora é o professor Alexandro de Abreu, cuja dedicação e incansável pavimentaram o caminho para a concretização dessa iniciativa notável.

A jornada conta também com a força adicional de dois alunos do IFRS, Mateus Eduardo Goelzer e Sarah Kloh dos Santos, que assumiram o papel de monitores das turmas, impulsionando o processo de aprendizado e ampliando horizontes dos jovens estudantes.

O Objetivo desse projeto é estimular o interesse pela ciência, tecnologia, engenharia e matemática (STEM): A robótica pode despertar o interesse dos alunos por essas áreas, mostrando como conceitos teóricos podem ser aplicados de maneira prática e divertida. O encerramento contou com a presença do Secretário Henrique Hentges, professores e alunos, que demonstraram na prática as habilidades conquistas.  Através do projeto e construção de projetos, os alunos foram desafiados a encontrar soluções para problemas, aplicando o pensamento crítico, a criatividade e a capacidade de trabalhar em equipe.

Nessa primeira fase, um total de 15 alunos foram beneficiados por essa experiência enriquecedora. Eles são:

Agatha Barbosa Araujo

Davi Rodrigues de Lima

Jessica da Silva Quadros

Kaciano Gabriel Santos Finger

Lukas Pedroso

Maria Alessa Martins Prediger

Taila D. dos Santos Ferreira

Yara Veiga Lopes

David Matheus A. de Pellegrin

Emanuelle Broch Riva

Kayllany dos Santos Machado

Lurhana Vitórya Q. de Moraes

Miquéias dos Santos

Vitória Klassner

Cassiane Pereira Martins

A jornada não cessa aqui. A Escola Hermany é a próxima parada desse projeto transformador, prometendo irradiar a mesma paixão pelo aprendizado, inovação e colaboração que moldou o sucesso dessa iniciativa pioneira.

Por Raquel Balin Corrêa – Rádio CBS FM e Revista Viral

Gostou? Veja mais!